Pagar 4 Nunca Mai$

Quando a minha mãe começou a se comunicar com os olhos, no final de 2005, incentivada por um amigo, comprei uma câmera e, durante 10 anos, passei a documentar o seu dia a dia.

O meu foco inicial era a sua produção de poesias e, sendo assim, solicitei às suas cuidadoras que filmassem todo momento em que ela fosse se comunicar. Elas realmente levaram essa tarefa a sério e fizeram inúmeros registros. Assim, foi possível “eternizar” as poesias nascendo, quando ela as comunica. Essa documentação foi fundamental, pois possibilitou a produção de MINHA POESIA, o meu primeiro filme, que mostra o processo de transcrição de diversas poesias dela.

Todo este tempo de documentação garantiu a construção de um acervo audiovisual vasto, que vai além das poesias e as suas transcrições.

Não apenas a sua rotina foi documentada, mas também eventos importantes, como o lançamento dos seus livros, as saídas para shows, visitas de amigos, festas no seu apartamento e no salão do seu prédio.

No meio disso tudo, momentos maravilhosos, alegrias e vivências enriquecedoras, mas também experiências não tão prazerosas, difíceis, algumas envolvendo preconceito.

PAGAR 4 NUNCA MAI$ é uma delas. O documentário aborda a discriminação que ela sofreu por ir a shows musicais em uma maca e tudo o que aconteceu em decorrência daquele episódio, por meio de registros das suas saídas, repletos de músicas e poesias.

O filme descreve essa situação e também expõe, principalmente, a coragem e a atitude de ela em romper paradigmas, em não aceitar a injustiça, em buscar um mundo mais inclusivo e humano.

PAGAR 4 NUNCA MAI$ é sobre a minha mãe no seu exercício cotidiano de cidadania.

Eu não poderia deixar de contar esta história.

Trailer aqui.

Leide Jacob